Search

Saturday, December 3, 2011

Palácio da Brejoeira

O fim de semana foi dedicado à região do Alto Minho. Vila Nova de Cerveira, Moledo, Valença e Monção.
E foi nesta última localidade que descobri uma pérola nacional - O Palácio da Brejoeira.
Afastado dos olhares do grande público há dois séculos, este palácio abriu as portas há sensivelmente um ano e meio. A ideia não podia ter sido melhor - é que para lá dos portões imponentes e da fachada sumptuosa este monumento nacional é fascinante a casa passo.
A estrutura é de um estilo neo-clássico mas, uma vez que este Palácio passou por alguns proprietários, o interior tem toda uma distinção de épocas e de vivências.
As maiores alterações foram feitas a cargo de Pedro Araújo, como é o caso do lago com a ilha em forma de coração, do jardim de inverno ou do teatro.
A proprietária seguinte é Dona Hermínia Paes, filha de Francisco Paes que lhe oferece o Palácio pelos seus 18 anos, e que ainda hoje, com os seus 92 anos, lá reside.
Pela primeira vez, a seguir a D. Hermínia tomar posse, a Brejoeira começa a ter preocupações de rentabilidade e introduz-se assim, o cultivo de vinhas, que se sustenta até aos dias de hoje com a nobre casta "Alvarinho".
As árvores centenárias do jardim, o lago dos cines, a antiga adega, os candelabros gigantescos, as pratas e as loiças do Oriente, os móveis de madre-pérola e de pau preto, tudo é palaciano - E se há sítio que vale a pena visitar, este é um deles!
 (Apenas as imagens do exterior foram captadas, uma vez que é proíbido registar qualquer pormenor do interior do Palácio.)








Fotografias por: Present Form

No comments: